1

Tokucast #85 – Kage no Gundan

Umas das séries mais lembradas pelos fãs de Sonny Chiba (principalmente Quentin Tarantino), uma produção da Toei Company com muitos membros da JAC como o famoso ator Hiroyuki Sanada e os já conhecidos pelos brasileiros: Junichi Haruta (Macgaren) e Hikaru Kurosaki (Jaspion).

Elisabete Hayashi, Danny Tsurugi, Daniel Kuroda e Giuzão Chagas (empolgadaço) contam um pouco sobre Kage no Gundan (Shadow Warriors nos EUA), série que teve 6 temporadas e contam a história do clã de ninjas Iga em diversos períodos do Japão feudal. O foco neste cast fica na primeira temporada que narra as aventuras do terceiro Hattori Hanzo (Sonny Chiba).

Se você não conhece a série, assista este vídeo antes de ouvir este episódio. Melhorará a experiência.
https://www.youtube.com/watch?v=ldlLmS4B1CA

DOWNLOADS, FEEDS E PLAYERS:
https://tokucast.com.br (Hot Page)
LINK DO FEED:
http://feeds.feedburner.com/tkbrtokucast
LINK DO SPOTIFY:
https://open.spotify.com/show/3rwWWLqEZW1Jtqi5zPJBI5?si=FKqJH5ioR7uTzrjmdUlJmw
LINK DO ITUNES:
https://podcasts.apple.com/br/podcast/tokucast/id1508249773
LINK DO ANCHOR:
https://anchor.fm/tokucast
LINK DO YOUTUBE:
https://www.youtube.com/portaltokusatsu

Vire padrinho do Tokucast: https://www.padrim.com.br/tokucast

Tempo de Duração: 57 minutos

CLASSIFICAÇÃO: 16 ANOS

Lançado em: 20/11/2021

admin

One Comment

  1. Legal que vocês tenham dado atenção a uma produção desse tipo (JidaiGeki: drama histórico).

    Vejo que além de anime e tokusatsu, outros tipos de produções japonesas (como os “doramas”) vem se popularizando entre o fandom de cultura pop japonesa de uns tempos pra cá, mas mesmo com esse crescente interesse por outras produções japonesas fora do nicho anime e tokusatsu, percebo que as produções de JidaiGeki ainda são negligenciadas fora do Japão.

    Tal como anime, tokusatsu e doramas convencionais, os “dramas históricos” são bem populares no Japão, mas nem os fansubbers parecem dar muita atenção às produções desse gênero. Infelizmente, ainda é algo de difícil acesso para nós.

    Talvez se a Manchete tivesse exibido séries e filmes de samurai/ninja, hoje também teríamos um fandom consolidado de JidaiGeki/Chanbara entre os brasileiros.

    De qualquer forma, agradeço pelo podcast. Até então, acho que vocês foram os únicos dessa bolha de cultura pop japonesa que dedicaram um podcast à uma produção desse gênero.

    Sobre o Hattori Hanzo histórico, pelo que eu sei como um curioso/entusiasta da história do Japão feudal, não existia razão para um samurai bem-sucedido atuar como ninja, pois ao contrário da função de um samurai, a função de um ninja tinha baixo (ou nenhum) prestígio. Isso me leva a acreditar que o Hattori Hanzo histórico provavelmente não era exatamente um ninja, mas sim um samurai de alta patente que tinha ninjas sob seu comando. Todavia, na ficção ele é frequentemente retratado como um ninja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *